1 de outubro de 2009 às 02:39 | Publicado em Notícias do neocatecumenato | Deixe um comentário
Tags: , , , ,

CAMINEO.INFO

O site Camineo. Info disponibilizou uma mensagem do Cardeal Sean O’Malley sobre suas impressões à respeito da Convivência dos Seminaristas em Porto San Giorgio.

Olá de novo!

Na noite de quinta-feira, viajando para Roma por poucos dias. Eu estava ali, principalmente para as reuniões com a Congregação dos Bispos, e também para informar sobre a minha visita a Cuba. No sábado, fui convidado a assistir nos últimos dias de uma reunião de seminaristas do Caminho Neocatecumenal em Porto San Giorgio, na região italiana de Le Marche. A reunião teve lugar numa capela redonda chamada “La Tenda”

Porto San Giorgio é uma cidade turística localizada na costa do Adriático, perto de Rimini, onde há alguns anos atrás, participei de um evento muito importante para os jovens, que é organizado anualmente pela Comunhão e Libertação.

Padre Antonio Medeiros, o reitor da Casa de Formação “Redemptoris Mater” em Boston, nosso Diretor de Vocações Padre Dan Hennessey, e Antonio Enrique, o editor do piloto, me acompanharam durante a viagem. Neste retiro ou “convivência” como se chama, seminaristas que vieram das comunidades neocatecumenais de todo o mundo se reuniram e confirmaram sua disponibilidade para entrar em um dos 76 Seminários Redemptoris Mater em todo o mundo, incluindo o daqui em Boston.

Os rapazes que entram nos seminários Redemptoris Mater recebem uma formação que é, às vezes, diocesana e missionária. Em muitos sentidos, não se diferencia da Sociedade de St. James, que foi fundada em Boston: sacerdotes diocesanos que servem às vezes nas missões – uns mais, outros menos – mas sempre fica uma parte da diocese.

Kiko Argüello, Carmen Hernández e o Pe. Mario Pezzi – que são da equipe internacional responsável pelo Caminho Neocatecumenal – sempre me receberam muito calorosamente. Eles foram um grande apoio de minha solicitação para abrir um seminário “Redemptoris Mater” del Caminho neocatecumenal em Boston há vários anos.

Para iniciar sua experiência missionária, os rapazes sinalizam entrar no seminário, muitos deles ao acaso, aos seminários, espalhados em todos os continentes. Ali, deverão aprender o idioma local, a cultura e um dia, com sorte, serem ordenados sacerdotes diocesanos, com um espírito missionário. Na noite de sábado ao envio, mais de 250 novos seminaristas foram designados para diferentes seminários. Ademais dos novos seminaristas, havia também seminaristas atualmente da Europa e outros lugares onde o ano acadêmico não havia começado. Assim, num total, mais de 1.000 seminaristas Esta é a segunda vez que tenho participado de uma destas reuniões.

Fiquei muito impressionado, como sempre o estou, à vontade dos homens jovens para que se ofereçam a ir a qualquer parte do mundo para se formar como sacerdotes diocesanos. Temos recebido quatro novos seminaristas para Boston, dois poloneses, um nicaragüense e um americano. Recorda-me muito do espírito que prevaleceu na Igreja nos anos em minha própria comunidade capuchinha estava enviando a tantas pessoas a Papua Nova Guiné e Porto Rico. Cada ano, três, quatro ou cinco sacerdotes de cada classe seriam enviados.

Também é impressionante ver os países onde os seminários forma aberto – incluindo lugares como Escandinávia e o Paquistão, onde a Igreja está em estado embrionário.

O Papa João Paulo II como bispo de Roma, abriu o primeiro Seminário Redemptoris Mater de sua diocese na década de 1980. Outros bispos pediram ao Caminho Neocatecumenal a ajudá-los a criar seminários em suas próprias dioceses com esse mesmo espírito missionário. Na atualidade, há seis aqui nos EUA.

Um grande número de bispos e arcebispos estiveram presentes, entre eles o bispo de Curaçao, que está abrindo seu próprio seminário. Os cantos das comunidades neocatecumenais são sempre muito animadas e as canções são sempre bíblico.

Este ano temos ordenado nosso primeiro sacerdote dessa casa de formação, o padre Israel Rodríguez, quem atualmente se desempenha na Paróquia da Imaculada Concepção em Marlboro, onde há uma grande comunidade hispânica. No domingo pela tarde, visitamos a Basílica de Santa Casa de Loreto, que está a 20 quilômetros de Porto San Giorgio. Depois de visitar a Santa Casa fizemos uma visita ao Seminrio Redemptoris Mater de Macerata, que está a poúcas milhas de distancia da basílica. Rezamos as Vésperas com os seminaristas e jantamos com eles. Macerata é l cidade natal do Padre Matteo Ricci, um dos grandes missionários jesuíta na China. Feito, este seminário tem uma missão muito especial para preparar os sacerdotes que trabalham na China. Em 20 anos, se ordenou 50 sacerdotes, alguns dos quais estão trabalhando na China.

Fiquei muito impressionado ao escutar que não há perdido nenhum sacerdote ordenado desse seminário!

Até meu próximo post.

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: