Ícone da Virgem do Caminho Neocatecumenal

9 de dezembro de 2008 às 11:50 | Publicado em Íconografia | 1 Comentário
Tags: , , , , , ,

O ícone da Virgem do caminho neocatecumenal foi inspirado em outro ícone encontrado no mosteiro de Kikko na ilha de Chipre. Kiko o pintou em 1973, em París, do qual começou a partir de uma reprodução em preto e branco do ícone que ele havia visto num livro de ícones russo.

A tradição diz que esse ícone da Virgem, também chamado Kikotissa, foi pintado a partir do apóstolo Lucas.

Conta a história que Isaias, um monge que viveu nas montanhas de Troodos na ilha Chipre, foi procurado pelo pois o imperador bizantino Alejo O Comneno (1081-1118) em razão de uma doença rara e incurável que sua filha que sofria. Isaias havia o tranquilizado dizendo que sua filha seria recuperada se caso construísse (sobre as montanhas de Troodos) um mosteiro e, em seguida, deu-lhe o ícone da Virgem Maria que possuia em sua residência.

Dessa forma, em 1100, foi iniciada a construção do mosteiro de Kikko e lá foi colocado o ícone da Virgem, enquanto a filha do imperador recuperava.

É comum nos mosteiros ortodoxos cobrir com pano algo que é tenha teor sagrado. Por esta razão o ícone é encontrado coberto por um manto prateados. Na foto abaixo é possível ver este detalhe:

Existem alguns ícones que têm o mesmo esquema de composição equitativo do estilo Kikkotissa.  O mais conhecido é o quadro do pintor russo Simon Ushakov “Virgin Eleousa de Kikko

O que chama a atenção nesta imagem é que a Virgem e o Menino olham para a mesma direção.

Neste ícone a Virgem segura o filho, já crescido, nos braços. No rolo de pergaminho que está entregando, há uma passagem do texto de do Profeta Ísaias que diz “O Espírito do Senhor está acima de mim, porque o Senhor tem me ungido. Ele enviou-me a dar a Boa Nova aos pobres homens (Is 61,1).

O ícone da Virgem do Caminho não é tão grande como se supõe em algumas reproduções, mas pequena e pode ser contemplada em uma capela da Catedral de Almudena (Madri).

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. bacana!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: